Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde lança estratégia para reduzir mortalidade neonatal

Escrito por Sandra Teixeira | Publicado: Segunda, 24 de Julho de 2017, 16h46 | Acessos: 103

O Ministério da Saúde acaba de lançar a QualiNEO, uma estratégia que visa diminuir a mortalidade neonatal e qualificar o atendimento ao recém-nascido nas maternidades das regiões Norte e Nordeste. Inicialmente, a estratégia contemplará nove estados que concentram as maiores taxas de mortalidade neonatal no país: Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Piauí, Roraima e Sergipe. O Ceará também fará parte do grupo, mas foi escolhido por ser um centro de referência da Rede Cegonha, estratégia do Ministério da Saúde que proporciona às mulheres saúde, qualidade de vida e bem estar durante a gestação, parto, pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida.

O QualiNEO visa qualificar as práticas de atenção ao recém-nascido de risco, que integra as diversas ações do Ministério da Saúde voltadas à saúde da criança. A iniciativa será desenvolvida durante dois anos (junho de 2017 a julho de 2019) nas maternidades selecionadas. Ao final desse período, a pasta entregará um selo de qualidade às instituições que, além de integrar a estratégia, também conquistaram melhoras nos indicadores de assistência. Entre estas melhorias, destacam-se a redução da mortalidade neonatal (primeiros 28 dias de vida), casos de asfixia no nascimento e de infecções da corrente sanguínea associada a cateter, além do aumento na taxa de aleitamento materno. As maternidades também estarão aptas a compartilhar esta estratégia com outras unidades de saúde em seu estado.

A proposta é reunir as principais ações desenvolvidas pela pasta voltadas à saúde da criança, como Hospital Amigo da Criança, Método Canguru (atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso), Bancos de Leite Humano, qualificação e habilitação de leitos neonatais, Reanimação e Transporte Neonatal. Por meio de apoio técnico e capacitação de profissionais, será garantindo ao recém-nascido o melhor início de vida. A nova estratégia pretende dar continuidade à qualificação perinatal iniciada com a Rede Cegonha. 

ACOMPANHAMENTO - Em cada estado foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento. A seleção das instituições levou em conta critérios como ser referência no Método Canguru, ser hospital de ensino ou ser a unidade que concentra o maior número de óbitos neonatais no estado. Depois de elaborada, a estratégia foi pactuada com os estados envolvidos. Até agosto, equipes do Ministério da Saúde irão aos estados para assinatura dos termos de compromissos, realização de oficinas de qualificação da atenção neonatal e elaboração dos planos de ação. As oficinas devem acontecer semestralmente.

O acompanhamento e monitoramento cotidiano das práticas de atenção neonatal e indicadores de assistência será realizado, tanto presencialmente quanto via plataforma eletrônica. Serão realizadas videoconferências bimestrais com os estados e utilização da plataforma da estratégia com fóruns de discussão, chats, estudos de caso, compartilhamento de experiências e materiais de apoio. 

A Estratégia QualiNEO baseia-se nos princípios e diretrizes da Política Nacional de Humanização (PNH, 2003) e da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNASIC, 2015). Esta estratégia possui os seguintes pilares estruturais: Foco nos processos de trabalho em saúde e nas práticas baseadas em direitos e evidências científicas; Articulação de saberes, fazeres e interesses de gestores, profissionais e usuários, como sujeitos diretamente envolvidos no cuidado ao processo de parturição e nascimento; Práticas educativas que funcionem como dispositivos para análise coletiva, compartilhamento, fomento e ampliação de experiências.

Confira as maternidades selecionadas para participar da Estratégia QualiNEO:

UF

MUNICÍPIO

CNES

ESTABELECIMENTO

AM

MANAUS

6627595

INSTITUTO DA MULHER DONA LINDU

AM

MANAUS

2019558

MATERNIDADE BALBINA MESTRINHO

AM

MANAUS

3151794

MATERNIDADE DE REFERENCIA ANA BRAGA

AP

MACAPÁ

2020890

HOSPITAL SAO CAMILO E SAO LUIS

AP

SANTANA

2021064

SES AP HOSPITAL ESTADUAL DE SANTANA

AP

MACAPÁ

2020068

SES AP HOSPITAL DA MULHER

BA

SALVADOR

3859

HOSPITAL GERAL ROBERTO SANTOS

BA

SALVADOR

4731

MATERNIDADE CLIMERIO DE OLIVEIRA (UFBA)

BA

SALVADOR

3956369

MATERNIDADE PROFESSOR JOSE MARIA DE MAGALHAES NETO

CE

FORTALEZA

2499363

HGCC HOSPITAL GERAL DR CESAR CALS

CE

FORTALEZA

2497654

HGF HOSPITAL GERAL DE FORTALEZA

CE

FORTALEZA

2481286

MATERNIDADE ESCOLA ASSIS CHATEAUBRIAND

CE

SOBRAL

3021114

SANTA CASA DE MISERICORDIA DE SOBRAL

MA

CAXIAS

2453665

MATERNIDADE CARMOSINA COUTINHO

MA

IMPERATRIZ

2452383

HRMI HOSPITAL REGIONAL MATERNO INFANTIL DE IMPERATRIZ

MA

SAO LUIS

2726653

HOSPITAL UNIVERSITARIO HUUFMA

MA

SAO LUIS

2309254

MATERNIDADE DA COHABMATERNIDADE MARLY SARNEY

MT

CUIABÁ

2659107

HOSPITAL GERAL UNIVERSITARIO

MT

CUIABÁ

2311682

HOSPITAL SANTA HELENA

MT

CUIABÁ

2655411

HOSPITAL UNIVERSITARIO JULIO MULLER

PA

BELEM

2333031

HOSPITAL DE CLINICAS GASPAR VIANA

PA

BELEM

2752700

SANTA CASA DE MISERICORDIA DO PARA

PA

ANANINDEUA

2615835

HOSPITAL ANITA GEROSA

PI

TERESINA

2323397

MATERNIDADE DONA EVANGELINA ROSA

PI

TERESINA

2727064

MATERNIDADE MUNICIPAL PROF WALL FERRAZ

PI

PARNAIBA

8015899

HOSPITAL ESTADUAL DIRCEU ARCOVERDE

RR

BOA VISTA

2566168

HOSPITAL MATERNO INFANTIL N SRA DE NAZARETH

SE

ARACAJU

2232

HOSPITAL SANTA IZABEL

SE

ARACAJU

5714397

MATERNIDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES

 

Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa - (61) 3315- 3880 / 3580

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página